quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Organizar


Dá um trabalho dos diabos sair da rotina.
A verdade é que é muito mais fácil ficar na rotina de sempre do que mudar. Mudar de casa, de país, de vida. 



Mas mudar também é uma janela de oportunidades. Novos desafios e experiências. É por isso que aqui estamos. Longe. Mesmo que isto implique uma nova mudança novamente. Daqui a uns tempos. Para o lugar onde crescemos e fomos/somos felizes. 


terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Rotina alterada

Ando feita zombie outra vez. Poucas horas dormidas, acordar cedo, trabalhar duro para tentar fazer face aos dias que tenho estado off work. A Olivia apanhou varicela e todos sabemos que isso não é coisa que passe de um momento para o outro. Temos partilhado os mimos, a atenção. Os dias que vamos e que ficamos com ela em casa. Não tem sido pêra doce. Ser mãe e profissional, sem ninguém e nenhuma ajuda não é de todo fácil. Ficam de parte horários e timetables por cumprir.

Hoje é mais um desses dias. Dia de mimo e brincadeira no nosso lar.




quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Bom dia, bom dia

E já estamos a meio da semana, quase a meio do mês e a poucos dias de um novo ano. O tempo passa literalmente a voar. 


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Frio, muito frio

Está o tempo perfeito para comer uma sopa bem quente. Beber um hot chocolate e alapar-me no sofá com a manta. Hoje o carro estava assim, coberto de gelo.



quarta-feira, 22 de novembro de 2017

As coisas surreais que me acontecem por aqui

Desde sempre que atraio situações e pessoas mais bizarras na rua e nos transportes públicos. As minhas histórias nos comboios davam toda uma novela. Sou sempre abordada sem mais nem menos. Devo ter cara de "podem desabafar comigo, estou aqui para vos ouvir".  São sempre histórias de uma vida [tudo no mais puro inglês]. As pessoas até são simpáticas e custa-me sempre "despachar" alguém. Só quando percebem que o meu sotaque não parece pertencer a nenhuma parte do Uk é que a coisa muda um bocadinho. Mas mal perguntam de onde sou, lá vem mais meia hora de conversa. 

E isto é certo, é que nem com os phones escapo!

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Constatações meteorológicas

A intensidade do frio mede-se pelo facto de ser ou não suportável andar sem luvas. E eu, já não consigo andar sem elas.