domingo, 31 de dezembro de 2017

Receber-te de braços abertos 2018

2017 - Ano de mudanças, de rasteiras. De dificuldades e provações que encaixam nos devidos lugares quando começamos a virar a página, e a chegar ao fim deste ano. 

Gosto de pensar, que ainda há pessoas e sítios que valem a pena... E por mais que os dias sejam cinzentos, por menos que nos apeteça estar aqui [longe de tudo e todos], há sempre uma razão para tudo o que nos acontece e a espera torna-se menos vazia.

Resta-nos valorizar o caminho, fazer planos e acreditar. Um feliz 2018!





sábado, 30 de dezembro de 2017

Panquecas de banana

Super fãs aqui em casa. A receita:

2 ovos inteiros
2 bananas esmagadas
1 caneca cheia de farinha de amêndoa ou de cocô 
1 colher de fermento
1 iogurte grego [aproximadamente 3 colheres sopa]




segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Deste Natal

Mora cá em casa a maior das alegrias. Os mimos e todo o amor que não estão juntos durante o ano. Mora cá em casa a vontade cada vez maior de estar cada dia mais perto. Dos vossos abraços, do conforto das vossas palavras e conselhos. Sentimentos indiscutíveis e vontade que o mundo pare lá fora. Fazem-me tanta falta 💕



terça-feira, 19 de dezembro de 2017

A poucos dias de chegarem

Já só penso no conforto inigualável dos vossos abraços que são o melhor porto de abrigo da minha vida. 

Sei que faremos destes dias uma festa e que olharemos para o calendário com vontade que o tempo pare e que possam ficar mais um dia, mais dois, sempre.
Tentaremos compensar a ausência e as falhas que algumas vezes me fazem chorar. O tempo não pára e esta é uma saudade que nunca acaba e que mais ninguém preenche. A saudade de vocês, pai e mãe!
 





domingo, 17 de dezembro de 2017

Christmas mood...ON

Há frio aos montes, temperaturas negativas, casacos quentinhos, cachecóis, botas com pêlo, luvas... e um calor abrasador sempre que se entra em qualquer espaço. Esta 6f foi a festa de Natal da empresa. Houve  companheirismo, boa disposição, jogos de equipa e muitas gargalhadas num almoço que se estendeu pela tarde fora. 
































quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Organizar


Dá um trabalho dos diabos sair da rotina.
A verdade é que é muito mais fácil ficar na rotina de sempre do que mudar. Mudar de casa, de país, de vida. 



Mas mudar também é uma janela de oportunidades. Novos desafios e experiências. É por isso que aqui estamos. Longe. Mesmo que isto implique uma nova mudança novamente. Daqui a uns tempos. Para o lugar onde crescemos e fomos/somos felizes. 


terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Rotina alterada

Ando feita zombie outra vez. Poucas horas dormidas, acordar cedo, trabalhar duro para tentar fazer face aos dias que tenho estado off work. A Olivia apanhou varicela e todos sabemos que isso não é coisa que passe de um momento para o outro. Temos partilhado os mimos, a atenção. Os dias que vamos e que ficamos com ela em casa. Não tem sido pêra doce. Ser mãe e profissional, sem ninguém e nenhuma ajuda não é de todo fácil. Ficam de parte horários e timetables por cumprir.

Hoje é mais um desses dias. Dia de mimo e brincadeira no nosso lar.




quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Bom dia, bom dia

E já estamos a meio da semana, quase a meio do mês e a poucos dias de um novo ano. O tempo passa literalmente a voar. 


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Frio, muito frio

Está o tempo perfeito para comer uma sopa bem quente. Beber um hot chocolate e alapar-me no sofá com a manta. Hoje o carro estava assim, coberto de gelo.



quarta-feira, 22 de novembro de 2017

As coisas surreais que me acontecem por aqui

Desde sempre que atraio situações e pessoas mais bizarras na rua e nos transportes públicos. As minhas histórias nos comboios davam toda uma novela. Sou sempre abordada sem mais nem menos. Devo ter cara de "podem desabafar comigo, estou aqui para vos ouvir".  São sempre histórias de uma vida [tudo no mais puro inglês]. As pessoas até são simpáticas e custa-me sempre "despachar" alguém. Só quando percebem que o meu sotaque não parece pertencer a nenhuma parte do Uk é que a coisa muda um bocadinho. Mas mal perguntam de onde sou, lá vem mais meia hora de conversa. 

E isto é certo, é que nem com os phones escapo!

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Constatações meteorológicas

A intensidade do frio mede-se pelo facto de ser ou não suportável andar sem luvas. E eu, já não consigo andar sem elas. 


domingo, 19 de novembro de 2017

Do fim-de-semana

Ontem fomos jantar a casa de amigos. Em Janeiro, são os amigos que vêm à nossa casa. Andei às voltas com o que queria preparar para a sobremesa. Algo simples, que todos gostássemos e que nos remetesse aos sabores do nosso Portugal.

Hoje. Foi dia de dormir até tarde, tarde, tarde [ainda não acredito] - 9h da matina, yeah! . Dia de panquecas ao lanche e de uma espécie de Brunch na manhã. Dia de poucas palavras, de um silêncio confortável, de não sair de casa,de bricolage, de aproveitar os abraços e dia de filme. Dia de paz e muito sossego.




segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Siga a vida

De volta ao horário completo de trabalho 8am-4:30pm. Sem interrupções pelo meio e sem nada nem ninguém a apontar o dedo. De volta à rotina "partilhada", como deve ser sempre. Sem pressão, sobrecarga. 

Good morning Monday! 




sábado, 11 de novembro de 2017

Muffins Salgados

Estamos super fans destes muffins. A receita: Untar a forma com azeite ou óleo de côco. Ingredientes a colocar são à escolha. Desta vez usei brócolos, tomate, queijo ralado e cogumelos. Bater 5 ovos, temperar a gosto e colocar em cima. Ir ao forno a 180 graus por cerca de 20/30min. 

Acompanham-nos nos almoços semanais ou com a nossa sopa ao Domingo. 

Heathy e super fáceis de fazer! 




sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Armistice Day

As papoilas chegaram no início de Novembro e pouco a pouco invadem todas as lapelas. O chamado "Poppy Appeal" é a maior campanha de angariação de fundos para a Royal British Legion e destina-se a financiar a comunidade das Forças Armadas. 

É possível encontrar caixas com papoilas de papel e um pequeno mealheiro onde se espera que cada um coloque a sua doação em troca de uma papoila para pôr ao peito. Estão em instituições públicas, em lojas, nos escritórios, em peditórios de rua. E depois, tudo culmina amanhã, no Armistice Day. 

Às 11 horas do dia 11 de Novembro o país pára durante 2 minutos para lembrar todos aqueles que perderam a vida nas guerras. As reuniões são interrompidas, os telefonemas ficam para depois e não se ouve vivalma. 11 de Novembro é o aniversário do armistício entre a Alemanha e os Aliados no final da Primeira Guerra Mundial e a papoila foi escolhida não só por representar o sangue derramado em combate como por ser uma flor 'delicada mas resilente', capaz de crescer no caos e na destruição. 


domingo, 5 de novembro de 2017

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Halloween



Este ano aderimos em força ao espírito do Halloween. Foi um fim-de-semana dedicado a fazer "craving" na abóbora e uma terça-feira trajada a rigor pela creche.

Iluminámos a nossa com uma vela, mas a fasquia está tão elevada por cá que os British já usam LED´s. Muito evoluídos! :)











Remember, remember the 5th of November

A 5 de Novembro de 1605, Guy Fowkes foi preso junto aos explosivos que os revolucionários planeavam detonar para destruir a Casa dos Lordes no parlamento britânico. Para comemorar o facto de o rei James I ter sobrevivido ao golpe, os britânicos passaram a celebrar a bonfire night
 
Apesar de o formato [e a popularidade] da tradição ter sofrido alterações ao longo dos anos, hoje em dia há fogo de artifício seguido do acender do bonfire [uma fogueira enorme alimentada por uma pilha de madeira e, nos sítios onde não é visto como politicamente incorrecto, um boneco de palha no topo].
 
Southampton não foge à tradição e a cidade já começou a lançar fogo de artifício ontem à noite. 



 

sábado, 28 de outubro de 2017

Este Natal

Este não vai ser um Natal igual aos outros. Mas vai ser tão ou mais especial. É o primeiro que não vamos estar por Portugal. Mas também vai ser o primeiro em que não vamos andar na azáfama de ir ver tudo e todos, em que vamos ter mais tempo para nós.



quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Quase a terminar a semana

Pai e filha entregues de manhã, carro estacionado em casa, corrida até à estação, meia hora de viagem até ao trabalho, cafezinho britânico tomado, e-mails enviados, outros tantos na pasta dos pendentes, os projectos de ontem concluídos e hoje o modo foi «do not disturb» a produzir até à hora em que revi os meus mais que tudo outra vez. Bring it on Friday!

domingo, 22 de outubro de 2017

Da ginastica dos dias

Esta manhã, enquanto falavamos na ginástica que tenho feito nos últimos dias para conseguir conciliar o trabalho, a ida e a vinda da Olivia da creche, ir levar e buscar o M. ao trabalho, fazer meia hora de ida + meia hora de vinda para Winchester, as reuniões, os stresses normais de trabalho, os novos desafios e as avaliações de desempenho, a nossa mudança para a casa nova e uns quantos contratempos, as rotinas normais de qualquer família, ouvia-me argumentar que a única hipótese que tenho para fazer alguma ginástica é levantar-me a horas que não lembram a ninguém, e acho que isso é um bocado loucura.

O ideal seria ao fim-de-semana. Mas nem isso agora consigo. Faz-me falta esse tempo para mim. Faz-me muita falta.








sábado, 14 de outubro de 2017

Desta semana

Tirando a manhã do sábado passado [em que fomos tratar de alterar a nossa morada no serviço saúde e banco] temos aproveitado todos os minutos na nossa nova casa. Falta ainda arrumar algumas coisas, roupas que já não usamos ou que já não servem para dar a quem precisa e tralha que uma pessoa vai guardando e guardando [um dia pode fazer falta, um dia ainda visto isto], sem ter noção do monte everest que se vai acumulando.

Á parte das arrumações estamos em modo "casulo" resguardado. O M. fez uma operação ao joelho esta quarta-feira. Já estava planeado a algum tempo. Correu bem, agora é recuperar e descansar o mais que possa. 

Para mim o descanso não vai ser tão fácil, uma vez que é como se fosse mãe solteira. Estou com mais trabalho que nunca e a necessidade de responder e estar em todo lado está a ser difícil de gerir. Não é fácil, sem ninguém por perto. Mas vou conseguir! 





quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Da nova casa

Já não me lembrava de como é uma seca alugar casa em Inglaterra: um sem fim de papelada para background check, listagem de todos os sítios onde moramos e trabalhamos nos últimos três anos. Após telefonema para os locais de trabalho a confirmar se é mesmo verdade, se estamos empregados ou não e quanto recebemos.

O mercado é super competitivo, e não só é preciso alargar o conceito do que consideramos "um bom preço", como assim que aparece uma casa dentro dos parâmetros aceitáveis localização/preço, é preciso "abrir os cordões à bolsa" antes que a aluguem nos 5 minutos que demoramos q decidir. Um stress. 



quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Comemorar

Ontem fizemos um jantar só nosso. São 8 anos que se comemoram por aqui. Este pequeno núcleo que faz parte dos meus dias todos os dias, que me oferecem o melhor de cada dia, que estão comigo para o que der e vier, nos dias bons e em todos os outros e que me fazem sentir especial fora dos dias especiais.  


sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Home

Hoje escrevemos daqui. De um novo lar. Uma nova porta, uma nova casa. 

Porque para lá da porta há sempre um espaço que é o nosso mundo! 



quinta-feira, 21 de setembro de 2017

De hoje

Provavelmente um dia sempre a bombar como mais uns quantos que tenho pela frente até ao final do ano. E vale a pena toda a correria, ainda que no final do dia sinta alguma frustração pelas coisas que não consegui fazer noutras áreas sem ser o trabalho diário. 

Não se chega a todo o lado e o equilíbrio tem sido o maior desafio desde que a Olivia nasceu.


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Jantar de Natal

Tudo organizado para o jantar de Natal de 2017. Sim eu sei...estamos em Setembro. Faltam 3 meses e já recebemos o email a confirmar o local e o questionário para escolhermos a ementa. Sei lá eu o que me apetece comer amanhã, quanto mais daqui a uns meses...Mesmo à British! Tudo planeado com tempo e muita antecedência.


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

It's Monday and is not ok

Acordei com a sensação que preciso de dormir muitoooo...ai segunda-feira e uma semana inteira de muito trabalho pela frente.
Bring it on Coffee!

sábado, 16 de setembro de 2017

Sábado

Programa de miúdas de manhã. Tomamos o pequeno-almoço a duas, fui ao "cabeleireiro" privado cá em casa, fizemos coroas de princesas e ainda agarramos no carro para ir até ao asda buscar as nossas compras semanais. Tudo enquanto o M. dormia.

O almoço preparado, a Olivia a dormir a sesta e nós resguardados deste tempo de Outono que teima em querer andar por cá. Da chuva e do frio. 

Escrever um bocadinho aqui no blog, organizar a roupa, aspirar, passar a ferro um mega monte que me espera, parar, preparar um mega lanche para os três. 

Mesmo nos dias sem sol, sem grandes passeios e sítios perfeitos, e com as tarefas comuns a qualquer família, tudo é melhor quando é feito como se fosse o melhor programa do mundo.







quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Abraços


Os dias por aqui comecam muito cedo. Esforço-me por aproveitar ao máximo cada dia e valorizar tudo o que de bom tenho na vida. Mas, também há alguns dias em que só apetece parar. Parar e pedir ao mundo que faça o mesmo. 

Dias, em que precisava só de respirar o conforto e a paz do mais simples abraço. Aquele, e só aquele, que vive a mais de 2000 quilómetros daqui. Tantas saudades tuas mãe!



terça-feira, 12 de setembro de 2017

Olá terça-feira

O despertador tocou inevitavelmente às 6:20 da matina. Como todos os dias. Hoje custou-me muito acordar cedo, mas ao mesmo tempo sei que vai saber-me pela vida sair a horas do trabalho [se conseguir].

É terça-feira, ainda nem a meio desta semana vamos e eu já só penso nos dois dias de "descanso" que tenho pela frente. Estamos em Setembro, o mês dos recomeços, o mês das mudanças. E para nós este vai ser um mês muito importante. 

Boa terça-feira.