sábado, 14 de outubro de 2017

Desta semana

Tirando a manhã do sábado passado [em que fomos tratar de alterar a nossa morada no serviço saúde e banco] temos aproveitado todos os minutos na nossa nova casa. Falta ainda arrumar algumas coisas, roupas que já não usamos ou que já não servem para dar a quem precisa e tralha que uma pessoa vai guardando e guardando [um dia pode fazer falta, um dia ainda visto isto], sem ter noção do monte everest que se vai acumulando.

Á parte das arrumações estamos em modo "casulo" resguardado. O M. fez uma operação ao joelho esta quarta-feira. Já estava planeado a algum tempo. Correu bem, agora é recuperar e descansar o mais que possa. 

Para mim o descanso não vai ser tão fácil, uma vez que é como se fosse mãe solteira. Estou com mais trabalho que nunca e a necessidade de responder e estar em todo lado está a ser difícil de gerir. Não é fácil, sem ninguém por perto. Mas vou conseguir! 





quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Da nova casa

Já não me lembrava de como é uma seca alugar casa em Inglaterra: um sem fim de papelada para background check, listagem de todos os sítios onde moramos e trabalhamos nos últimos três anos. Após telefonema para os locais de trabalho a confirmar se é mesmo verdade, se estamos empregados ou não e quanto recebemos.

O mercado é super competitivo, e não só é preciso alargar o conceito do que consideramos "um bom preço", como assim que aparece uma casa dentro dos parâmetros aceitáveis localização/preço, é preciso "abrir os cordões à bolsa" antes que a aluguem nos 5 minutos que demoramos q decidir. Um stress. 



quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Comemorar

Ontem fizemos um jantar só nosso. São 8 anos que se comemoram por aqui. Este pequeno núcleo que faz parte dos meus dias todos os dias, que me oferecem o melhor de cada dia, que estão comigo para o que der e vier, nos dias bons e em todos os outros e que me fazem sentir especial fora dos dias especiais.  


sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Home

Hoje escrevemos daqui. De um novo lar. Uma nova porta, uma nova casa. 

Porque para lá da porta há sempre um espaço que é o nosso mundo! 



quinta-feira, 21 de setembro de 2017

De hoje

Provavelmente um dia sempre a bombar como mais uns quantos que tenho pela frente até ao final do ano. E vale a pena toda a correria, ainda que no final do dia sinta alguma frustração pelas coisas que não consegui fazer noutras áreas sem ser o trabalho diário. 

Não se chega a todo o lado e o equilíbrio tem sido o maior desafio desde que a Olivia nasceu.


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Jantar de Natal

Tudo organizado para o jantar de Natal de 2017. Sim eu sei...estamos em Setembro. Faltam 3 meses e já recebemos o email a confirmar o local e o questionário para escolhermos a ementa. Sei lá eu o que me apetece comer amanhã, quanto mais daqui a uns meses...Mesmo à British! Tudo planeado com tempo e muita antecedência.


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

It's Monday and is not ok

Acordei com a sensação que preciso de dormir muitoooo...ai segunda-feira e uma semana inteira de muito trabalho pela frente.
Bring it on Coffee!

sábado, 16 de setembro de 2017

Sábado

Programa de miúdas de manhã. Tomamos o pequeno-almoço a duas, fui ao "cabeleireiro" privado cá em casa, fizemos coroas de princesas e ainda agarramos no carro para ir até ao asda buscar as nossas compras semanais. Tudo enquanto o M. dormia.

O almoço preparado, a Olivia a dormir a sesta e nós resguardados deste tempo de Outono que teima em querer andar por cá. Da chuva e do frio. 

Escrever um bocadinho aqui no blog, organizar a roupa, aspirar, passar a ferro um mega monte que me espera, parar, preparar um mega lanche para os três. 

Mesmo nos dias sem sol, sem grandes passeios e sítios perfeitos, e com as tarefas comuns a qualquer família, tudo é melhor quando é feito como se fosse o melhor programa do mundo.







quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Abraços


Os dias por aqui comecam muito cedo. Esforço-me por aproveitar ao máximo cada dia e valorizar tudo o que de bom tenho na vida. Mas, também há alguns dias em que só apetece parar. Parar e pedir ao mundo que faça o mesmo. 

Dias, em que precisava só de respirar o conforto e a paz do mais simples abraço. Aquele, e só aquele, que vive a mais de 2000 quilómetros daqui. Tantas saudades tuas mãe!



terça-feira, 12 de setembro de 2017

Olá terça-feira

O despertador tocou inevitavelmente às 6:20 da matina. Como todos os dias. Hoje custou-me muito acordar cedo, mas ao mesmo tempo sei que vai saber-me pela vida sair a horas do trabalho [se conseguir].

É terça-feira, ainda nem a meio desta semana vamos e eu já só penso nos dois dias de "descanso" que tenho pela frente. Estamos em Setembro, o mês dos recomeços, o mês das mudanças. E para nós este vai ser um mês muito importante. 

Boa terça-feira.





sábado, 2 de setembro de 2017

#food

Mousse de chocolate [alternativa]

. 1 abacate
. 2 bananas maduras
. 2 colheres sopa de cacau 
. 1 colher mel
. 1 colher essência baunilha
. Opcional: leite de amêndoa ou côco [caso gostem da mousse mais ou menos espessa]

Misturar todos os ingredientes no liquidificador e voilá. Colocar no frio.



quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Os trinta

Remeto para uns 10 anos atrás. A pressão que temos de definir qual o nosso caminho. A definição profissional, a escolha da pessoa que achamos certa para ter ao nosso lado, a conquista de um lar, da maturidade. Deixo para trás anos de uma grande reviravolta. De muitas batalhas perdidas. Deixo para trás pessoas que já nada me dizem, lutas que já não vou ganhar.

Estou nos trinta-e-quatro com a certeza de que cumpri muito do que esperava e esperavam de mim. Colmatei muitas falhas no meu carácter, percebi o que não quero fazer. Coisas que sempre me trouxeram entusiasmo, mas às quais dei pouca importância no devido momento.

Chego aos trinta-e-quatro com a pessoa que amo, com um lar, com família, com poucos mas bons amigos. Chego aos trinta-e-quatro com uma lista imensa de sonhos por concretizar.

Não sei se vou conseguir cumprir os pontos que ficaram sem uma conclusão, mas sei que começo a ter maturidade para aceitar que a vida nos dá pouco tempo e poucas oportunidades para atingi-los.

E essa, para mim, é a grande lição dos trinta. As oportunidades só surgem uma vez. O tempo não pára mais para voltarmos a reflectir sobre elas. O tempo e as oportunidades são agora.



terça-feira, 29 de agosto de 2017

Este fim-de-semana

Foi aproveitado da melhor maneira possível. O sol espreitou e muito. Houve praia, brincadeira, passeio, piscina ao ar livre. Tudo para contemplar o bom que a vida nos dá e o facto de estarem uns fantásticos 26 graus. 







sexta-feira, 25 de agosto de 2017

The bank holiday

Vem aí um fim-de-semana de 3 dias e o país já só fala nisto. O último feriado até ao Natal.

Seguindo a tradição nacional britânica, tenho uma lista imensa de afazeres em casa. É que feriados também servem para isto. Para pôr as coisas em ordem antes da vida voltar à normalidade novamente. Mas também é tempo para passeio, hot chocolate e chá, filmes e livros, tempo de qualidade com a família e, claro, planear os últimos meses do ano. Bring it on!

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

terça-feira, 22 de agosto de 2017

A contar os dias para

[Mais um] Fim de semana prolongado, com muito sol, calor, praia, passeios, pinacolada, esplanadas e caracóis, sabor a mini-férias, roupas leves e muito coloridas. Nahh...deste primeiro parágrafo talvez só se aproveite a parte dos passeios. Quanto ao resto não anda por cá. Vai ser o último feriado até ao Natal.

O mote para uns excelentes três dias de dolce fare niente para enfrentar os últimos 4 meses até ao final do ano! Assim seja! :)



domingo, 20 de agosto de 2017

Confissões

Nunca, desde a sua existência, este blog foi tão ausente como este ano! 

Os motivos foram mais que muitos. Entre pessoais e profissionais, passando também, confesso, por um certo cansaço e pouco tempo para passar por aqui. Precisei de fazer uma pausa. Foi bom fazê-la, mas cheguei à conclusão que este lugar é demasiado especial para mim para o deixar pelo caminho. 


sábado, 12 de agosto de 2017

6:15

A parte boa de ser acordada às 6h15 da matina é ter os miminhos e o sofá só para as "girls" aqui de casa. Em modo desenhos animados pela primeira hora. E ouvir-se pouco ou nada lá fora. Tãoo bom.

Custa um bocadinho acordar tãooooo cedo. Custa. Especialmente quando é fim-de-semana e podia ficar no bem-bom mais um bocadinho. Mas também sabe bem aproveitar o dia desde que o sol nasce. Parece que os dias são maiores.



H


segunda-feira, 17 de julho de 2017

Say Cake!

Este fim-de-semana metemos a "mão na massa" e fizemos este. É já habitual aqui em casa. Simplesmente delicioso. 

Ingredientes: 

4 ovos inteiros 
2 copos farinha com fermento 
2 copos açúcar 
1 copo leite 
1 copo óleo Sumo de 
2 limões e raspa de 1

Método:

Misturam-se todos os ingredientes à excepção da raspa e do sumo. Bate-se tudo com a batedeira e juntam-se os restantes ingredientes. Vai ao forno em forma untada cerca de 40 minutos, a 200 C. 

Cobertura [opcional]: 

Iogurte Natural
Extrato de baunilha
Morangos e mirtilos para decorar

E voilá! 




quinta-feira, 13 de julho de 2017

As minhas manhãs

As minhas manhãs são um misto entre as mil coisas que trago na cabeça para fazer e o beicinho da minha filha que não me sai do pensamento e do coração.


terça-feira, 11 de julho de 2017

Não perguntes à vida o que ela te pode dar

Pergunta antes o que podes dar à vida.  Para mim esta é a atitude que nos permite atravessar desertos e oceanos no meio de algumas tempestades. Vivo longe de quem mais amo, não tenho carro há quase 3 e mudei substancialmente de vida nos últimos anos, e por tudo isto sei dar valor e sei o que é estar em comunhão com os que sofrem ou sentem que o seu mundo está a desmoronar.

A minha experiência é a de que há e haverá sempre mais caminhos do que aqueles que a vista alcança. O segredo é acreditar na sorte e trabalhar, trabalhar, trabalhar. Tentar sempre fazer mais e melhor. Nunca desistir e com o passado dos anos saber "filtrar" as pessoas que nos querem mesmo bem e que não nos apontam o dedo e dizem mal de nós. 


terça-feira, 20 de junho de 2017

Voltar à pátria

Qualquer emigrante torna-se no melhor project manager quando regressa à pátria por uns dias: a vontade de estar com amigos e família e encaixar os programas de toda a gente para conseguirmos ir jantar ao sítio A no dia B com a pessoa C.

Temos duas semanas, mas o tempo parece e é sempre pouco para estar com todos e ainda ter "tempo de qualidade" para nós, irmos à praia. 

Os dias por Portugal estão à porta e vamos aproveitá-los da melhor maneira possível.

  


quarta-feira, 7 de junho de 2017

Gosto mesmo

Gosto quando consigo chegar a casa mais cedo. Mesmo que isso signifique que vou passar o resto do dia a tratar do que é preciso fazer. Depois da correria que tem sido as últimas semanas, de chegar sempre a casa depois das 19h, estes dias sabem-me pela vida. Gosto de ter ainda mais tempo para estar com a Olivia e mimá-la até me apetecer.